Eu nem sei por onde começar. É tanta a patifaria, que palavras e insultos transbordam da alma, da garganta, do fígado, e do dedo mindinho do pé!
     

     Vinte e três porcento de aumento extra na conta de luz. Bandeira vermelha. VERMELHA? Olha, a bandeira aqui em casa está preta mesmo. Preta fundo de poço. Sabem como? 
    E a campanha da moda é "por uma vida mais light". Com certeza. Light. 'Lightíssimo', porque bem prevejo famílias vendendo o almoço, a janta, o café da manhã, e um litro de água para pagar os impostos.
     São seres néscios que mantêm, a geração de energia através de termelétricas, enquanto poderiam apostar na energia limpa e renovável. LIMPA E RENOVÁVEL! Mas, aí está um povo marcado pela ignorância. É o tal brasileiro. Que séculos atrás fora marcado pela ingenuidade de seus índios; povos inocentes que permitiram a corja portuguesa fazer o que bem entendesse por aqui, não é mesmo?              Cabral, olha... Se tua caveira ainda estivesse intacta... Quero nem pensar! Nem pensar!

     E a gasosa gente? Conta-se de uma época em que o galão de gasolina custava centavos. Acho que é lenda, mas há quem diga ter visto isso. Há muito, muito, muito tempo. Na minha opinião, ali naquele tempo... como era mesmo o nome? Ah sim! Era neolítica! Por aí...
     Hoje o combustível, no centro do Rio de Janeiro, varia de RS 3,50 a R$ 3,70. Mas amanhã quando piscarmos os olhos, vai estar R$ 6,50. Tranquilo, tranquilo. Ainda dá para segurar. Preparem os bolsos. Ou melhor, preparem o café da manhã, que as vendas serão urgentes.
   E enquanto o chuchu virou artigo de luxo na mesa dos brasileiros, o negócio é plantar quiabo. Quiabo gente. Quiabo alastra na plantação, e a baba dele servirá de lubrificante para você sabe... Conseguir passar nos buracos das fechaduras, das portas que o governo anda fechando na sua cara.

    Pois é. Nós aqui numa mendigaria total. Sem água. Sem luz. Sem carne. Sem conforto. E acredite, sem ovo de páscoa daqui uns meses. Enquanto que a galerinha da esplanada, o cuspe dos colonos
recebem auxílio de R$ 18.908754.8652381.00000000.000.00 . Se bobear, nem sabemos ler esse número! Ah mas é um pouco menos que isso? Arredondei o valor, apenas. Aproveitemos, e coloquemos no meio desse total, as passagens áreas da família de cada um deles.


    E em meio a todo esse desabafo, eu suponho que a solução seja: retirar todas as lâmpadas de casa e voltarmos ao Neolítico. Quem sabe, a lenda do galão de gasolina também não entre na onda? Mas, levando em conta ser pouco provável, esqueçam os carros e vão de bicicleta! Bicicleta é vida, povo!

    Caras pintadas, bandeirolas e vamos para as ruas! Ano passado houve protesto pelo reajuste de vinte centavos nas passagens. Inadmissível ficarmos quietos agora. Mas pelo amor dos céus, pacífico gente! Protesto pacífico! Aprendam a protestar! 

   Esqueçam essa de culpar a corja miserenta de Portugal que nos "colonizou" (Lê-se dominou e escravizou). Culpemos a nós mesmos, que somos responsáveis verdadeiramente por nenhuma mudança positiva.

E um recadinho para nossa president(E) (porque eu não a chamarei nunca pelo gênero feminino que ela inventou): 

Dilma, estou tão cansada de presenciar você  trabalhando tanto pelo país, que até te dou umas férias. Permanentes, tá quiridinha? 

Mais um desabafo, e até a próxima. Talvez não menos revoltada.




2 Comentários

  1. Conheci seu blog na procura por um conceito mais detalhado sobre oneshots.
    Depois dele, esse foi o artigo que li. É muito estranho não ver comentários num post tão bom.
    Foi muito prazerosa a leitura. Não só por concordar com suas ideias, mas, principalmente, pelas informações interessantes que você trouxe e o modo como você escreve (realmente é o que ocorreria em um bate-papo numa cafeteria).
    Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeiramente, seja muito bem-vindo!
      Conseguiu satisfazer sua busca pelas oneshots? Espero que sim.
      Sinta-se a vontade para entrar em contato pelo "conatato" da Home.
      Agradeço de coração felicitado os seus elogios, a sua visita e o seu tempinho dedicado a comentar.
      Grande abraço, excelentes leituras :*

      Excluir

Tecnologia do Blogger.